Título Original: 어떤 안녕 (Eoddeun Annyeong)

Titulo Literal: Some Kind Of Goodbye

Título: Another Parting

Gênero: Romance, Melodrama, Fantasia, Ação

Episódios: 5

Broadcast network: Dramacube

Cast:

Seo In-Guk como Ahn Young-Mo/Hul

Wang Ji-Won como Seo Ha-Na

Choi Dae-Hoon como Joon-Seok

Oh Cho-Hee como Jenny

Choi Seong-Min como Detetive Lee

Lee Yong-Nyeo como taxista

Qualificação 

♥♥♥♥

Sinopse: A história de um homem e uma mulher que se conhecem em seus últimos momentos de sua vida e eles compartilham um dia muito especial juntos. O homem quer ir até o fim, enquanto a mulher realmente queria morrer.

Oi Lovers, quanto  tempo sem escrever nada para vocês, senti saudade de escrever. Espero que vocês estejam bem e tenham mais tempo do que eu para assistir dramas, porque olha, tá complicada minha situação kkkk

Então hoje vim falar desse micro drama, nem mini é mais, é micro mesmo. Cada episódio tem apenas uns 10 minutos e são somente cinco episódios #chorando… Esse drama é bem interessante, pela sinopse e pelo teaser não dá pra entender muito bem do que realmente se trata o drama, só assistindo mesmo. E por ser tão curto todos que quiserem podem assistir por quê não dá nem uma hora o drama inteiro. Quero avisar desde já, que na resenha pode conter pequeninos spoliers, pois para poder continuar a resenha é necessário comentar algumas coisas, mas nada muito: “OMG pq você falou isso??” entendem?

————————————————————–♥—————————————————————–

 História

O drama começa nos deixando com uma pulga atrás da orelha (muito tempo sem escrever dá nisso, diminui a criatividade e me faz usar esse tipo de expressão rsrs), por quê? O drama começa todo misterioso alternando entre cenas de uma mulher, que no caso é a Ha-Na, e cenas de um homem, o Young-Mo.

Quando vemos a Ha-Na, percebemos que ela está perturbada com alguma coisa, mas nada foi nos explicado até então. Vemos ela ir atrás de uma mulher com uma arma, mas quando é mostrado o rosto da tal mulher, notamos que a mesma é a própria Ha-Na. No primeiro momento que vi isso fiquei tipo: Hã? Hã? Hã? Mas agora vou deixar claro o que pensei sobre essa cena depois de analisa-la com mais calma: não acho que ela realmente fez isso (ir atrás de si mesma para se matar – o que seria uma enorme loucura), acho que o diretor fez assim para evidenciar o que a personagem estava sentindo sobre si mesma.

Durante isso é mostrado o Young-Mo na cama de um hospital em coma fiquei muito triste ao ver isso, logo depois temos um foco da câmera no cardiógrafo e qualquer um, eu acho, sabe que quando a pessoa morre o traçado obtido fica retinho. Então o que acontece?? O Young-Mo começa morrer e o cardiógrafo começa a apitar, mas quando o médico com a enfermeira chegam ao quarto dele para socorrê-lo, o corpo do Young-Mo já não está mais lá. Estranho não? o.O

————————————————————–♥—————————————————————–

Depois vemos o Young-Mo com aquela roupa linda do hospital atravessando a rua de uma forma muito, mas muito engraçada, quem o vê também começa a rir. Eu se vi-se alguém fazendo algo parecido pensaria que fugiu do hospício kkk

E do além surge um taxi no qual a motorista chama o Young-Mo para entrar. Nisso o taxi vai até um estacionamento subterrâneo e quem faz o papel da taxista?? A Lee Yong-Nyeo. Você deve estar se perguntando: tá e daí, quem é ela? Eu respondo: ela fez The Master’s Sun e eu tinha medo dela kkkkk, mas é porque o papel dela era de uma mulher estranha e tals, igual que é nesse drama e é só isso que ia comentar dela mesmo.

Por ser estranha, ela tem uma conversa estranha com o Young-Mo e tudo o que eles falam é estranho. Mas desta conversa podemos concluir várias coisas interessantes… Atenção lovers: o que vou falar agora pode ser considerado spolier, mas só assim para entender sobre o que realmente fala o drama ok, vai ficar por sua conta e risco se quiser continuar.

 

O que concluímos da conversa é que o Young-Mo não é mais o Young-Mo, ele, seja lá quem ou o que for, está usando o corpo do Young-Mo e tanto ele como a taxista se referem as pessoas comohumanos, ou seja, eles não se incluem nisso, não são humanos. Agora a gente para e pira, outro alien bonito pra comentar kkkk. Eu não assisti o My Love From The Stars, mas sei que o alien de lá é mor gato também…

Voltando, nessa conversa a taxista deixa claro o que ele veio fazer, a missão dele é encontrar a razão de por que choram os humanos. Mas ele tem o tempo de apenas um dia para descobrir isso e depois voltar para o lugar dele que eu não faço a mínima ideia de onde seja, nem o roteirista deve saber kkkk. Mas e se ele não voltar? A taxista fala que ele será como poeira que não pertence a nenhum lugar. Nada é muito claro nesse drama… A taxista é muito “”bondosa“” e explica que ele deve andar de frente como os humanos, que é a maneira mais rápida (e normal, no nosso caso). É tão engraçadinho ver ele se acostumando a andar de frente.

————————————————————–♥—————————————————————–

O relógio é uma contagem regressiva do tempo ele tem para ficar na Terra e cumprir sua missão e para voltar para seu planeta ele deve comer essa pílula.

————————————————————–♥—————————————————————–

Ele começa então a andar aleatoriamente e pensar como vai descobrir o porquê dos humanos chorarem, nisso ele encontra a pessoa ideal para lhe dizer a resposta e surpresaaaa, quem é essa pessoa? A Ha-Na claro. Quando ele a encontra, ela estava prestes a pular de uma ponte e estava chorando.


Ele então, de uma forma muito peculiar, fala para ela não pular e os dois conversam por telepatia (obs.: ele falando “telepatia” é tão fofo). Ela fala que já chegou a hora dela morrer já que até está ouvindo vozes na sua cabeça , mas antes que ela pule, ele pergunta o porquê dela estar chorando e gente, essa parte é muito, muito bonita e eu chorona como sou, fiquei emocionada claro. A música que toca, o modo como ela vai contando o que aconteceu e as imagens que acompanham a explicação, nossa é tudo muito bonito. Resumo do que aconteceu com ela (pequeno spolier): ela estava com um cara – Joon-Seok, mas daí ele a trocou por outra – Jenny – e essa outra era uma amiga dela.

————————————————————–♥—————————————————————–

Depois Há-Na pergunta por que ele queria saber aquilo e ele simplesmente fala que no planeta dele, o amor é algo que aparece nos livros de história e tals, ela fica tipo: quem é esse louco? Mas os dois vão ficando cada vez mais próximos, e ela acaba acreditando que ele é um alien e como ele não tem um nome, ela lhe dá um: Hul – vale lembrar que Young-Mo é o nome do cara que estava em coma.

Hul então pergunta se ela quer ajuda dele para se vingar e ela aceita, como vai se vinga? Assista e descubra haha. Enfim, eles vão ficando cada vez mais próximos e o Hul vai experimentando sentimentos que não existem no seu planeta e vai se apaixonando pela Ha-Na e é fofinho demais. Mas eles têm somente um dia, então Hul se pergunta se a poeira também possui sentimentos e ai meu coraçãozinho se parte novamente…

Os dois…

 

Então chega o final, o que será que vai acontecer com o Hul? Ele tem que voltar para o seu planeta, mas quer ficar na Terra com a Ha-Na. E ela? Conseguiu se vingar e esquecer o Joon-Seok? Como vai ficar a relação da Ha-Na com o Hul? Mistérios e mais mistérios.

  ————————————————————–♥—————————————————————–

TEASER

MV

Totalmente apaixonante, essa música é muito linda e me conquistou antes de eu ver o drama. ♥ Assisti várias vezes antes de ver o drama, então posso falar que se não quiser mais spoliers, não assista.

————————————————————–♥—————————————————————–

DOWNLOADS

Puri Puri Fansub

Asian Team (necessita cadastro)

————————————————————–♥—————————————————————–

É isso ai Lovers, espero que tenham gostado da resenha e assistam o drama, por favor deixem um comentário para mim e sejam felizes!!

OBS: Os links para download não são nossos, são de fansubs (parceiros ou não). Se algo sair do ar, contate-os ou procure por outro link no cademeucorama.blogspot.com ^^ Não estaremos atualizando sempre, então não peçam. Créditos de imagens para o tumblr e google.

 




× seis = 48

2 Comentários
  1. Jael disse:

    Deveriam fazer um drama completo pra contar a estória com detalhes; assim talvez explicassem aquele final que sinceramente eu não entendi como foi possível. E pra mim a música é sem dúvida nenhuma a melhor parte do drama inteiro, muito linda.

  2. MSA disse:

    Quem espera ‘algo’ nos finais d doramas vai ficar + d 90% frustrado. Salvo algumas exceções eu fico asim: ‘como pode?’ ‘por que o final tem q ser tão real q até dói o coração?’ ‘ ai q …’ ‘o q? é isso mesmo?’ Embora tenha finais q até merecem. Mas nem assim desisto (KKKKK…, sem vergonha mesmo) continuo doromaníaca até o fim. bjs