Titulo: Scarlet Heart: Ryeo | Moon Lovers

Título original: 달의 연인-보보경심 려

Gênero: Drama | + Drama | Romance | Drama de novo

Broadcast network: SBS

Capítulos20

Cast Principal:

Lee Joon Gi maravilhoso como o também maravilhoso Wang So (rei Gwangjong)
IU como Go Ha Jin | Hae Soo
Kang Ha Neul como Wang Wook
Hong Jong Hyun como Wang Yo
Nam Joo Hyuk como Wang Wook (Baek Ah)
Baekhyun como Wang Eun
Ji Soo como Wang Jung
Yoon Sun Woo como Wang Won

Qualificação: ♥♥♥♥

Sinopse: “Devido a um eclipse solar, uma mulher do século 21 é transportada para a Dinastia Goryeo. “

————————————————————–—————————————————————–

Que tal uma música pra ler com a resenha? 

É com muito tiro de canhão no coração, muita facada no estômago, muito sentimental abalado, muita seca nos olhos, mas também com muito carinho que venho escrever essa resenha. Porém, antes disso, a primeira dica que quero dar, pra preservar seu inocente heart, é: Se você não tem costume de assistir sageuk (drama épico), por favor, não comece por este. Se você tem costume e sabe que, normalmente, sageuk é tenso e cheio de tragédia, aviso que Scarlet tem uma pitada a mais de tudo. Uma boa pitada. Lágrimas.


Se mesmo assim você estiver preparado, saiba que eu indico esse drama. INDICO MUITO!

 

Quem me acompanha sabe (sempre digo isso rs ^^), que sou fã de sageuks. Sou fã de dramas que me levem ao limite de todas minhas emoções (do ódio ao amor), por fazer valer a pena assistir algo mais “pesado”. E que sou fã APAIXONADA CRUSHADA pelo Joon Gi. E Scarlet Heart teve tudo pra ser um dos melhores dramas épicos já feitos, sem dúvidas! Mas, infelizmente, algumas coisas relacionadas ao roteiro e outras coisinhas deixaram a desejar (por isso os 4 corações).


No entanto, contudo, todavia... de uma forma geral, estou certa de que Scarlet foi meu maior surto doramático do ano!! Com TODA CERTEZA!! Não sei porque fui decidir acompanhar com a Coréia (sei sim, foi por causa do Joon Gi mozão rs)!! Que sofrimento!! E creio que de muita gente concorda.

Moon Lovers (ou Scarlet) ficará no meu coração pra sempre e terá um espaço especial na minha listinha de favoritos. E aqui, nessa resenha, vou tentar simplificar tudo o que senti com esse drama e o motivo de (infelizmente) não ter dado 5 corações pra essa maravilhosa trama.

Lencinhos a mão e bora lá? :v

————————————————————–—————————————————————–

 

Bu Bu Jing Xin (Scarlet Heart) é uma novel chinesa, uma história muito conhecida que rendeu (na china) um drama de mesmo nome, com segunda temporada e filme. O drama coreano, Scarlet Heart: Ryeo, é uma adaptação da história para Goryo, era antiga da Coreia (antes de Joseon, onde se passa a maioria dos sageuks). Estamos falando do ano de 900, mais ou menos. Da mesma forma que se basearam em Bu Bu Jing Xin, também utilizaram uma história verídica de um rei muito conhecido por seu reinado próspero – Gwangjong – e seus irmãos (se quiserem ler, tem a história real no wikipedia). Mescando ambos, temos nosso drama de hoje!!


Pra quem quiser saber mais sobre as outras versões

Go Ha Jin, uma garota do ano de 2016, é um tanto infeliz por causa de seu relacionamento amoroso que deu errado. E, após tentar salvar um garotinho de se afogar, Ha Jin não consegue sair da água e afunda. Na superfície, antes de se afogar, ela vê um eclipse. E a história começa.


 

Ha Jin é “transportada” para Goryo, uma era muito antiga, para o corpo de uma jovem garota chamada Hae Soo. Sua aparição gera muito barulho, principalmente porque ela emerge de dentro da água onde os príncipes se banhavam. Bom, eu não iria reclamar não rs. Pois temos lindos principes nessa história!! Para resumir, sem demorar muito, temos lá o Wang Mo (príncipe herdeiro), Wang Yo (3º príncipe), Wang Wook (8º), Wang Won (9º), Wang Eun (10º), Baek Ah (13º), Wang Jung (14º). 

 
 
 
 

Infelizmente não falarei de todos os personagens, porque além dos príncipes, temos vários outros. Como o Ji Mong (o astrônomo do rei, que parece saber do futuro também), a rainha má (mãe do Wang So), a princesa piranha (aquela que arma mil e uma coisas por querer o prota e o trono), a “Mulan” que é apaixonada pelo Eun, o general sempre fiél ao rei, etc.

 
 
 
 
  

Maaas irei ressaltar o príncipe Eun (10º príncipe), interpretado pelo Baekhyun: gostei muito! Ele foi fofo e amável na medida certa. Um dos príncipes que mais gostei! Ele era o inocente do grupo, o que parecia o caçula, embora não fosse heheh. Apesar de criticarem a atuação dele, eu, particularmente, me surpreendi! 

 

Vamos dizer que Ha Jin (agora Hae Soo), descobre ser prima da esposa do Wook (8º príncipe, ou podemos simplesmente chamá-lo pelo apelido carinhoso que as fãs no whats deram: “príncipe da chapinha” rs) e começa a tentar viver naquela época tão diferente da dela, ainda mais no meio de príncipes!! É ai que a personalidade da Hae Soo tinha me conquistado! A garota, por ser de 2016, não dava o braço a torcer pros costumes da época não! Se ela queria falar, ela falava. Ela não arreda pé quando uma discussão com o príncipe Eun a levou a alguns puxões de cabelo. Sim! Soo puxa o cabelo e bate em um príncipe! hahah Genial e divertido, o roteiro começa um tanto leve, mas arrebatador. Porém, isso logo muda um pouco.

 

Agora vamos pra parte mais díficil do drama: Wook e Hae Soo.
Como devem saber (ou não) esse drama deu muito o que falar! Principalmente pelos costumes da época, tão diferentes dos nossos e até dos de Joseon, no qual estamos mais familiarizados. Também tem o fato de que uma grande maioria começou a ver esse gênero com esse drama, o que prejudica um pouco no entendimento do mesmo. Aqui eu irei contextualizar tudo e avaliar não só o momento, mas a história como um todo, ok? ;)

Wook, o 8º príncipe, marido da prima da Hae Soo, acaba se apaixonando pela prota. E ela, por ele. É um tanto rápido, na verdade rápido até demais e você se pergunta da onde saiu aquela paixão toda. Paixão a primeira vista? Tudo bem, mas pra mim, em nenhum momento, justificaram o que fez com que eles se interessassem um pelo outro. Na minha visão, Hae Soo estava perdida naquele mundo novo e o Wook foi seu primeiro porto seguro, por ajudá-la. E ela se agarra nele. Mas agarra tão forte minha gente, que chega a irritar! rs. Muitos shipparam os dois, mas eu não ia com a fuça do Wook já no início. Ele sempre se mostrava quietinho, mas quando tinha que falar era como se fosse o irmão mais velho. Logo começa a atuar um tanto de forma egocêntrica, como se tudo lá fosse dele e como se sua palavra fosse a última. Bléah.

 
 
 

 Sobre o fato de ser casado, infelizmente não influencia muito em Goryo. O homem poderia ter várias mulheres, era natural. Porém, o que me irritou também foi a relação dos dois mesmo que a esposa dele sofresse por isso. A mulher era generosa, fofa e cuidava da Hae Soo. E a prota, como é de 2016, pensei que se sentiria mal agindo assim. Mas ela demorou para demonstrar isso. E o que temos? Longos e demorados 9 episódios nessa ladainha de paixão a primeira vista. Ponto negativo! Cadé desenvolvimento dos protas?

 
 
 
 

Enquanto isso, conhecemos Wang So, simplesmente o melhor personagem do drama todo. Eu posso só falar dele e acabar a resenha, que estaria perfeito! Mas pensa em um prota sofrido! Pensou? Multiplica por 1000 e mais uma migalha, é ele!


 
 
 

Wang So é o 4º príncipe. Não o apresentei antes porque ele não está na cena do banho quando a Hae Soo aparece. Ele na verdade mostra sua maravilhosa face depois, quando salva a prota de cair, a puxando para seu cavalo. Claro que a cena gerou muitos suspiros! Quem era aquele homem lindo misterioso com máscara? Eu já queria rs.

 
 

Bem, resumidamente, ele é o príncipe rejeitado pela família e por todos. Sua mãe cortou seu rosto quando criança, ele foi lançado aos lobos pela família adotiva e só consegue sobreviver depois de ter matado um por um. Por isso, se torna violento e um tanto frio, enigmático. Muitos dos irmãos o temem ou não gostam dele, por conta disso. O povo de Goryo também o acha um monstro e ele mal consegue andar sem sua máscara, que esconde a cicatriz feita pela própria mãe. E cicatriz na época era uma vergonha, ainda mais para um príncipe.



Entenderam o peso desse personagem? Bem, depois de muita discussão com a Hae Soo, que hora tem medo dele hora o desafia, eles acabam se “aproximando”. Na verdade, ela se aproxima e começa a conversar e ajudá-lo nos momentos mais tensos e tristes (cara, meu coração nunca se despedaçou tanto com um personagem! Ele sofria e ao mesmo tempo só conseguia pensar em terceiros e não em si mesmo). So, apesar de grosso e muitas vezes tratar a prota com frieza (como ele aprendeu a tratar todo mundo por não receber nenhum tipo de afeto por parte de ninguém), com o tempo, vai mudando, o que molda a relação dos dois personagens. Para ele, logo, a Soo se torna seu tudo. A única que o vê além da cicatriz, a única que o tratou como um ser humano.


 
 
 

Como disseram no próprio drama “Um lobo segue a mesma fêmea pro resto da vida”. Ele era o lobo. Já ela, o vê como alguém que precisa de ajuda, mas não o trata com grande diferença comparado aos outros príncipes, pois tem afeto por todos. E, claro, ela não abre o coração por estar “cega” pelo príncipe da chapinha (vulgo, Wook).

 
 

Como qualquer sageuk, momentos trevosos acontecem e eu não posso contar tudo, ou perderia a graça. Porém, resumindo a base da história principal e explicar como começa a luta sangrenta pelo trono, a separação dos irmãos e as mil e uma tretas desse drama:

 
 
 
 
 
 
 
 

SoSoo começa a se desenvolver depois de muitas dificuldades. Wook abandona a coitada, para proteger a família depois que seu desejo pelo trono aflora, e isso faz com que a Soo perceba quem sempre ficou ao lado e a protegeu: Wang So. O 4º príncipe se torna muito mais humano, se mostra muito mais carinhoso, realmente um homem bom (embora não perfeito) ofuscado atrás de sua máscara. E é depois que a prota, com suas técnicas evoluídas de maquiagem e curso de 20 anos na avon (brincadeira kkk), maqueia o rosto do prota, assim toda a trama começa a caminhar e se tornar ainda mais tensa e… sofrida! Afinal, ele sem cicatriz se torna alguém mais “bem visto”.



O fato é que Hae Soo tem visões do 4º como rei  Gwangjong, que ela havia aprendido ser um rei sanguinário, tentando se afastar dele e avisar os outros príncipes (o que é uma das grandes besteiras que a prota prota faz. E falando em besteira: ela é mestre em fazer rs). Mas nem tudo é como ela imaginava. Quando suas visões ocorrem, Soo percebe o quanto estava equivocada. Mas até ai já era tarde! O romance deles é construído, as divergências entre os dois também, que acontecem por ela ter medo e duvidar dele e por ele não compreender certas atitudes e pensamentos modernos que ela tem, o que acaba fazendo a história se tornar mais trágica.


14962301_1058250227606034_505066550_n

Se você quer somente amor, flores e vomitos de arco íris entre os protas, aconselho a procurar outro drama. Aqui tem, mas não é comparado com o nível de tensão e cenas tristes! Então, preparem esse coração!!


O amor entre eles não é o suficiente. A guerra pelo trono que se instala entre os irmãos acaba fazendo com que Wang So deseje ser rei (nunca antes desejado por ele), para ter o poder te proteger aqueles que ele ama e evitar mais mortes. Porém, no trono, nada disso realmente ocorre. Pois é um lugar de abrir mão de um para salvar outro. Manipulação a todo momento. E na fase final temos toda a tensão de um Wang So rei, que tem que agir como um, e da Hae Soo, que não quer que ele se torne quem ela tem tanto medo.


 

Hae Soo: “Quem sou eu, para que coloque sua vida em risco por mim?
Se agir assim, será difícil te deixar.”

Será que amor deles vai vencer todos os medos e dificuldades? O Wang So se tornará que tipo de rei? A Soo ficará no passado ou voltará para o futuro? É, lovers, esse drama mexe com a gente!!

————————————————————–—————————————————————–

PONTOS POSITIVOS

♥ SoSoo couple ou SoSo? rs.
No começo eu era muito SoSoo, sofri com eles, surtei com eles, tudo!! Porém, depois, com algumas pisadas na bola da Hae Soo, eu estava era shippando o So com ele mesmo (ou comigo <3). Ainda, no fim, estava lá eu novamente sendo SoSoo. Mas as cenas amorzinho deles valeram a pena! Foram realmente emocionantes. Porém, o fim que selou esse amor. O fim mostrou realmente o quanto eles se amavam, e isso me deixou em prantos!




♥ Wang So rei da p*ha toda.
O personagem é incrivelmente maravilhoso e bem construído. Ele erra, como qualquer ser humano, mas os momentos mais marcantes de toda a trama foram, com certeza, com ele! Quando errava, ele se arrependia e aprendia com isso. Muitas vezes ele se mostrou um tanto “cruel” após subir ao trono, mas eu só vi alguém firme e justo no trabalho que deveria fazer e no que estava determinado. Deixando claro que ele nunca matou inocentes, e mesmo os culpados ele sentiu pena. Mas teve que aprender a ser ainda mais firme. Um lobo solto e poderoso. O Alfa. Se não fosse, poderia custar-lhe a vida e daqueles que ele amava.

Wang So tinha de tudo para ser a pior pessoa do mundo, pela forma que foi tratado pela própria família e povo. Mas não, ele foi um dos únicos que realmente prezava os irmãos, mesmo não recebendo o mesmo de volta, por todos. Quem não sentiu falta do modelito samurai gótico suave irresistível? Eu senti!! <3 Fora aquela cicatriz sexy rs.



Leia minhas melhores lembranças e descrição do personagem, aqui (contém spoiler).

♥ Príncipes lindos.
Falasério, mas quantos príncipes gatos! Muitos podiam não prestar (Wook, Yon, Jung – ele só prestou no fim kk-, por exemplo), mas eram gatos! Fora que a relação deles, no começo, era tão bonitinha!! Apesar de ter suas desavenças, eles eram felizes. Acredito nisso. Até, de alguma forma, o Wang So. Depois… bem, depois só posso dizer que é de cortar coração.

Figurino e fotografia.
Lugares de tirar o fôlego, figurinos bem diferentes dos de Joseon, mas tão bonitos e marcantes quanto! Temos uma preocupação com a fotografia, as cores, o figurino, que é de aplaudir de pé! Eu realmente babava nas roupas da Hae Soo e do Wang So. Falando nisso, como ele ficava lindo com qualquer coisa, não é? ^^






♥ Lee Joon Gi: Dê esse homem pro Oscar
MELHOR ATUAÇÃO DA COREIA, MEU MOZÃO ARREBENTOU! Os olhos desse homem são os mais expressivos, sem dúvida alguma. Alguém em sã consciência podia não morrer com aquele olhar? Seja de ódio, de amor, de tristeza? Tão puros! Joon Gi vai longe! Amo meu bias ultimate hehehe

14937111_1058249530939437_1219013414_n

♥ OST
Tem OST mais maravilhosa? Não!! Sinceramente, não sei o que dizer sobre toda a emoção que as músicas me trouxeram, a forma que me marcaram a ponto de chorar e chorar ouvindo. Estou apaixonada!! Olha, parabéns produção!! Fiz até a compra da OST porque essa eu tenho que ter comigo <3 [SPOILER] Quem não se mata de chorar na música que toda em todas as mortes? Ou na música que toca quando o Wang So faz o ritual da chuva? [/SPOILER]

Trama forte e personagens marcantes.
A trama e a história te tiram dos eixos. É tudo uma loucura e eu amo dramas assim! A história marcou, os personagens marcaram, isso é o que mais me agradou em Scarlet.
~eu amava a “Mulan” <3~

 Melhor Elenco.
Não preciso explicar, né? rs.

PONTOS NEGATIVOS

(-) Roteiro.
Enquanto a trama é espetacular, o roteiro errou feio na sequência dos acontecimentos a na linha temporal. O começo é mais leve e eles estendem desnecessariamente plots que não são tão importantes. E, com a aproximação do fim, o roteiro começa a correr, sem dar foco nos plots realmente importantes. Em vários momentos senti a necessidade de me atualizar para saber quanto tempo havia passado, também me perguntava sobre algumas belas pontas soltas que ficaram. [SPOILER] Ninguém explicou o motivo do ódio da mãe pelo So, ninguém explicou quem era a verdadeira Hae Soo, não mostraram a fundo alguns personagens, não explicaram porque o Wook se aproxima dela e seu interesse logo que ela volta como outra pessoa. [/SPOILER] Muitas, muitas pontas soltas, o que faz o roteiro perder um pouco da sua força e o caminho para a perfeição ficar longe ;-;

 

(-) Hae Soo.
Acho que a protagonista foi uma das que menos gostei em sageuks. Sua mudança de personalidade durante a trama é explicada pelos acontecimentos tristes, mas ela se torna totalmente outra. Não é mais corajosa como o começo e seu medo do futuro acaba sendo um artificio negativo muito grande para o romance. O motivo imposto para grande parte de suas ações era a “sofrência” que a personagem enfrentava toda hora. Mas vamos combinar? Wang So sofreu tanto quanto e não foi menos corajoso em suas ações por isso. Sinto que na construção da Hae Soo, depois de um tempo, foi fazê-la uma personagem com poucos pontos fortes. Mais frágil e menos orgulhosa. O que fazia com que tudo se tornasse mais difícil, principalmente em contraste com um personagem tão orgulhoso e forte que era o Wang So. MAS, contudo, no fim, eu consegui perdoá-la e entendê-la, embora ainda ache que poderia ter sido mais bem escrita.

Leia minha explicação por ter me irritado com a prota durante uma parte do drama (contém spoiler).

(-) Quantidade de episódios.
Mais! MAIS! MAIS! Porque não 25, 30 episódios como o drama chinês? Isso fez com que o roteiro corresse, a trama não se justificasse por si só e aquele sentimento de “nem tudo foi concluído” ficasse no ar. Segunda temporada? Queremos! Terá? Dificilmente, mas não custa torcer!! ;)

Leia aqui o que achei do final (contém spoiler).

14915226_1503624259650965_7533422677372791319_n

————————————————————–—————————————————————–

Os SURTOS foram intensos. Enquanto a audiência na coreia foi baixa, no exterior (principalmente China) foi altíssima! Esse é aquele drama de amor e ódio que você vai lembrar, pra sempre, na sua vida doramática, pode ter certeza!

 
 
 
 

Acho que Scarlet é uma mistura de Empress Ki (resenha aqui) com Jang Ok Jung (resenha aqui), aquele tipo de drama que não precisa ser feliz pra te marcar. Ele simplesmente te marca. E eu não me arrependo nenhum segundo de ter assistido e surtado tanto! Sentirei MUITA falta de Scarlet, mas estou feliz. Triste, mas ao mesmo tempo feliz. Recomendo!! Mas, claro, tente ir preparado para fortes e intensas emoções rs.
Muito muito bom!!


————————————————————–—————————————————————–

ASSISTA!

dramafever (online)
kingdom fansubs
pretty ji

OST

aqui

VIDEOS

queria colocar TANTOS mvs aqui, mas escolhi esses rs:

 

 

————————————————————–—————————————————————–

E aí, o que acharam da resenha? Deixe um comentário e faça a Juuh aqui feliz!~
Prometo trazer logo mais resenhas! Tem tantas pra fazer hehe

Bjsss





nove − 2 =

9 Comentários
  1. Miriam disse:

    Simplesmente perfeita!!!👏👏👏
    Lendo … Ri e me emocinei de novo ao lembrar de cada detalhe .
    Não existe frase melhor:”dá ele (Joon ki ) para o Oscar ..rs
    Administração e gratidão por traduzir meus pensamentos . Bjos no ❤

    • Kyoko D. Ackerman disse:

      Aigooooooooo… só de ler sua resenha já quero assistir de novo. Com certeza, melhor dorama do ano!Q trilha sonora fantástica ( a instrumental nem se fala), não canso de ouvir, sério… realmente, PER-FEI-TAAAAAA

  2. Adriana disse:

    Eu acompanhei junto com a Coréia também haja sofrimento! Concordo com vc que alguns fios ficaram soltos. Achei que correram muito nos últimos capítulos e a versão chinesa define melhor algumas questões. Mas sem dúvida é o drama do ano até aqui. Segunda temporada não sei se seria uma boa uma vez que a chinesa não agradou. Vamos aguardar. Estou na fase de rever e rever os episódios pq tô com saudade!snif snif

  3. Rita Araujo disse:

    Menina, que resenha é essa??? maravilhosa!!! Wang So é meu mozão também. rsssss
    Amei demais esse drama. Vou te falar, a minha filha Isabela, é fascinada, fissurada, amaluca pelo Exo. e ela já vinha falando que o Baek iria fazer esse papel de principe, eu torci o nariz, claro. rsss … Mas quando vi, o que chorei, o que xinguei aquela princesa vaca e a mãe dele (maravilhosa por sinal) e o Irmão que flechou o baek .. Misericórdia … ahhh! e aquela musica quando tem as mortes??? pelo amor de Cristo!!!!! o que aquilo me fez chorar de soluçar, e por favor me fala o nome dessa música pelo amor de Deus..rssss.. beijos. fiquei fã.

  4. Edna Laize disse:

    “Um lobo segue a mesma fêmea pro resto da vida” mesmo!
    Que resenha recheada viu? E eu achando que a minha estava grande, mas eu li tudo! Achei bem interessante vc expor os pontos fracos, pena q vc n citou a woo hee, mas são tantos personagens e vc soube destacar bastante o wang so em tudo, como seu bom ultimate e todo o show que ele deu xD Esperamos q esse drama atraia mais dorameiras pra esse mundo de sofrência mas de muito amor!
    Fighting!

  5. Alayana disse:

    Olha Júlia, nem ficou claro que vc é fangirl surtada louca no Jun Ki viu pelo post! Impressão nossa! Menina, senti praticamente o mesmo que você sobre o drama. Eu surtei bastante, principalmente no final…achei bem feito e mais do que tudo: emocionante! Foi um final que acabou meio que redimindo o drama e a Hae Soo pra mim, no sentido de ter me feito esquecer um pouco até as falhas do roteiro e o minha raiva com a prota. Não AMEI de paixão a Hae Soo, mas a entendi melhor depois do final e também depois de ter conferido a versão chinesa. O grande erro foi o roteiro não deixar claro a personalidade dela. Em vez de a construírem como uma personagem mais forte que vai amadurecendo com o tempo, a impressão é que ela ficou apática. Uma pena! O casal principal merecia mais cenas felizes também, e foi uma perda de tempo todo aquele “desenvolvimento” de Hae Soo e Wook na primeira parte. Torcia tanto pelo Wang So que nem suportava mais cenas fofas entre os dois em determinado momento. Investiram somas de dinheiro com a escalação do elenco, a produção formidável, a trilha sonora, só que o roteiro deixou a desejar. Penso que um roteirista com maior experiência em sageuk teria feito um trabalho melhor. Porém, me sinto um pouco mal criticando o roteiro porque AMEI de muitão as mudanças que a roteirista fez em relação à história original (provavelmente para adaptá-la melhor à história real coreana): a construção do personagem do Wang So, o Wang Yo tendo destaque sendo o vilão, a presença da princesa Yeonhwa…foram mudanças que deixaram a história muito mais interessante e dinâmica, quando comparada com a versão chinesa, por exemplo. Isso em minha opinião, lógico! Sobre o Wang So, nem preciso comentar né, MARAVILHOSO! Ele errava sim, mas tentava o seu melhor. Tipo, ele queria poupar a Hae Soo do sofrimento e acabou piorando a situação lá em relação à escrava…poderia ter avisado ela antes da condenação, afim de não chocá-la tanto, por exemplo. De qualquer forma, foi incrível! Eu fiquei ainda mais impressionada com Lee Jun Ki e orgulhosa por vê-lo ganhando atenção total num drama recheado de atores lindos e populares entre os jovens.

    Amei o post flor,parabéns! Resenhar dramas tocantes assim como Scarlet não é fácil né?! A gente sabe que não foi o melhor drama do mundo, mas ele nos emocionou e marcou tanto que é complicado encontrar palavras para descrever!

  6. Dramas Lovers disse:

    […] encontro outro pra me viciar! Depois de uma grande e emocionante resenha de Moon Lovers (clique aqui), hoje trago outra provável grande e emocionante resenha de Jealousy Incarnate, um drama muito […]

  7. Hilda disse:

    Dorama maravilho, trilha sonora maravilhosa também. Fiquei encantada e não consegui sossegar enquanto não havia acabado todos os capítulos. Ficou o gostinho de quero mais.
    Que a continuação venha logo!

  8. Nath disse:

    Ai, gente. Eu vim aqui no blog, li a resenha e decidi assistir o drama. Até então eu só havia assistido um sageuk (Moonlight Drawn By Clouds) e tinha achado leve. Então pensei que fosse aguentar assistir scarlert heart. Como eu estava enganada!!!

    Terminei Scarlet essa semana e estou no chão. Nunca chorei tanto por um drama. Na verdade, acho que nunca havia chorado por nenhum. Quanto sofrimento, gente!! Se pelo menos o final tivesse sido mais feliz! Se eles pelo menos pudessem ter se visto antes dela morrer para darem um último adeus… E a imagem do wang so sozinho no castelo? Até o final incompreendido e não aceito pelos irmãos, abandonado pelos dois conselheiros, acusado de roubar o trono quando na verdade ele rasgou o decreto pq estava em branco… isso tudo partiu tanto meu coração. Sério! Mal comecei a ver sageuks e acho que já vou parar, pq outro drama como esse eu tenho certeza que não aguento.

    Eu concordo com quase tudo da sua resenha!! Wang so dono da p*ha toda! Lee joon gi deu um show de atuação. E acho que q cicatriz o deixava era mais sexy. Se eu fosse a Hae soo dizia pra ele só andar sem máscara e sem maquiagem qnd estivesse cmg u.u
    Também achei o roteiro problemático. Foi muito irregular! Os primeiros episódios foram bem mais lentos, cheios de cenas românticas entre So e Wook, enquanto a interação entre o casal principal foi deixada quase de lado. Então nos últimos episódios deram uma apressada em tudo.

    Agora eu discordo que a Hae soo foi uma personagem fraca e mal construída, achei ela bem coerente, na verdade. Ela havia confiado no wook e foi abandonada por ele, então estava relutante em confiar em outra pessoa. Fora que ela era de uma outra época e teve que viver sofrimentos que não eram nada comuns na modernidade: ser torturada, alguém morrer em seu lugar, não ter liberdade pra nada. Muitas das atitudes dela me deram muito raiva, mas ainda assim achei condizente com a personagem. Só acho que o roteiro deveria ter demonstrado melhor que ela havia deixado de amar o wook e passado a amar o wang so pelo que ele era. Em alguns momentos me parecia que ela havia apenas escolhido quem lhe fazia se sentir mais protegida. Apenas no final eu tive certeza do amor dela por ele.

    E é isso. Gostei muuuuuito do drama, mas também sofri demais com ele. Acho que somos meio masoquistas, né? Pra ficar assistindo esse tipo de coisa hehehehe
    Eu vou já assistir uns dois episódios weightlifting fairy kim bok joo. Pra ver se meu coração fica mais leve.

    Beijo.
    E parabéns pela resenha.