Titulo: Jealousy Incarnate

Título original: 질투의 화신

Gênero: Comédia Romântica

Broadcast network: SBS

Capítulos24

Cast Principal:

Kong Hyo Jin como Pyo Na Ri
Cho Jung Seok como Lee Hwa Shin
Ko Gyung Pyo como Ko Jung Won

Qualificação: ♥♥♥♥♥

Sinopse: “A vida em uma emissora de televisão é difícil e a competição é cruel, mas quando um jornalista se apaixona pela garota do tempo, as coisas ficam ainda mais complicadas. “

————————————————————–—————————————————————–

dica de música pra ouvir junto!!


Não, não, não!! Mais um drama que vem e se vai ;-; Não sei como consigo suportar toda essa DPD (depressão pós drama) que acaba com o meu psicológico e só cura quando encontro outro pra me viciar! Depois de uma grande e emocionante resenha de Moon Lovers (clique aqui), hoje trago outra provável grande e emocionante resenha de Jealousy Incarnate, um drama muito marcante e queridinho!! Amei tudo tudo tuuudo nele <3

~fofiiinhooo~

Ps: Eu só sei que vai ser bem difícil fazer uma lista de tops dramas de 2016! Socorro!

————————————————————–—————————————————————–

 
 
 
 

Vamos falar primeiro dos personagens, porque foram eles que fizeram Jealousy se tornar ainda mais impecável! Roubaram todas as cenas!! Com ótimas atuações, personagens bem desenvolvidos e personalidades bem marcantes, a trama se tornou nada mais nada menos que irresistível. Nesse drama, 24 eps passam como se fossem 10, de tão gostoso!

PYO NA RI, a protagonista perfeita 

 
Sou fã da Hyo Jin desde The Greatest Love (resenha aqui), e claro, ainda mais depois com o marcante Master’s Sun (resenha aqui). Apesar de não gostar da trama de It’s Ok Thats Love, eu a reconheço como uma grande atriz, porque todos seus personagens foram únicos e ela atuou sempre com maestria. E Jealousy Incarnate não é diferente. Além da prota ser, por si só, bem única, Hyo Jin deu um ar ainda mais especial para a personagem. Na Ri é jornalista, trabalha como “garota do tempo” em uma emissora grande. Seu sonho, no entanto, é se tornar âncora. Ela tem uma personalidade marcante, além de ser firme, engraçada e decidida, também é extremamente fofa. Pensa em alguém que chora sempre, só que não de uma forma irritante, mas fofa. Do tipo que sente empatia por alguém e acaba chorando as dores da outra pessoa. Sempre que ela chorava eu tinha uma vontade de correr e abraçá-la! Sério, olhem isso (eu tirava print sempre que os olhinhos dela enchiam de lágrimas hehe):

15033777_1070650509699339_1072400251_n15046358_1070650486366008_70407691_n
15049964_1070650519699338_1362222527_n 15058042_1070650496366007_1340074061_n

E não era nada irritante, porque ela chorava em momentos até que engraçados rs. Mas, como eu disse, tudo na Na Ri é fofo. A forma como ela ri, como ela chora, como ela se comporta. Mas não é boba. Ok, ela fica bobinha quando está apaixonada (mas quem nunca?), porém isso não é algo que estrague a força da sua personagem. Teve vários momentos que eu bati palmas pra nossa prota! Além de falar o que deve, deixar bem claro sua forma de pensar e seus valores, ela não deixa o cara intimidar muito não. Pra ela, sempre tem limites. E responde a altura. Mas logo depois… vem um acesso de fofura! Vou simplificar com uma cena: Na Ri fica com raiva da forma que o prota está sendo grosso e frio com ela e decide não levar desaforo. Então taca sorvete na cara dele. Mas, depois que vê que o sujou todo, pede mil desculpas e começa a chorar por estar envergonhada ^^ Acreditem! Não é nada irritante além de imensamente fofo! Eu não consegui lidar com tanto amor por essa protagonista. Sinceramente, a melhor coisa do drama! Sabe aquela prota que dá o primeiro passo primeiro? Então! Por mais protagonistas assim, por favor! EU AMEI A NA RI, ela é perfeita! <3

HWA SHIN, o protagonista babaca fofo 

É bem comum termos protagonistas babacas, não é? Daqueles que são frios, grossos, mais preocupados com o trabalho e com seu orgulho do que qualquer outra coisa. Hwa Shin é exatamente assim. Jornalista e âncora prestigiado pela mesma empresa que trabalha praticamente todos os personagens do drama, o cara é o poço do egocentrismo. Mas, como sempre, a fofura explode quando se apaixona pela prota, e é difícil não se emocionar quando ele começa a sofrer por esse amor não correspondido. Ah, e claro, vamos falar do LINDO do Jung Seok. Sou apaixonada por esse ator desde King 2 Hearts (resenha aqui) e creio que ele conquistou muitos corações em Oh My Ghost (resenha aqui). Nesse drama, ele dá um show de atuação! A forma que chora, dança, brinca e até fica com raiva, é muito real! Quase palpável! Ele passa exatamente o que o personagem pede: raiva e amor. Porque é isso o que senti pelo Hwa Shin em todo o drama! Um mistão gostoso heheh

Obs: ele de óculos, meu senhor uiui :3 rs.

KO JUNG WON, o secundário perfeitinho 


Secundários sempre são, em sua grande maioria, os mais perfeitos, certo? Jung Won é exatamente assim. Dono de uma alfaiataria, o cara tem muita grana e, como se não bastasse, é um amorzinho! Impossível não se apaixonar por ele e sofrer um pouco por saber que, no fim, será o rejeitado. Acho que foi a primeira vez que vi a atuação do Gyung Pyo e me convenceu bastante! Ele exala mesmo um “cheiro” de secundário, por parecer perfeitinho demais. Gostei muito do personagem <3

SUNG SOOK, JA YOUNG, KIM RAK, e outros personagens marcantes 


Queria comentar sobre TODOS os personagens desse drama. Pois não gostaria de deixar nenhum de fora, mas é quase impossível rs. Em Jealousy temos aquele típico “todo mundo conhece todo mundo” dos dramas coreanos (principalmente familiares) e você se vê um pouco perdido nas relações nos primeiros eps. Por isso irei resumir:

Na Ri mora com o irmão, Chi Yeol em uma casa enorme de uns 3 andares. Eles moram no último andar, e recebem visitas da madrasta e seu filho, dois personagens até que sem muita visualização no drama.

No segundo andar moram Pal Gang, junto com seu pai, que morre no começo (não é segredo rs). Ela estuda junto com o irmão da Na Ri. E, o mais importante, é sobrinha do prota. Sim, o pai dela era irmão mais velho do Hwa Shin. Mas ela não tem mais contato com ele e nem com a mãe e com a madrasta, pois seu pai foi casado duas vezes.

A mãe e a madrasta, Sung Sook e Ja Young, são duas personagem imperdíveis. Além de também trabalharem como jornalistas na única empresa retratada no drama, as duas vivem em pé de guerra, por terem casado com o mesmo homem. Sério, é o máximo essas duas!! Eu dei muita risada!! Ainda mais quando ambas se apaixonam pelo Kim Rak, que é o próximo personagem de quem vou falar:

No andar de baixo da casa temos o restaurante “Rak Pasta”, que é do dono da propriedade e locador, Kim Rak. Ele é amigo de todos os moradores e muitos o chamam de “tio”. Além de lindo e cozinhar bem, reparem: ele é assexuado! kkk. Eu adoooorei esse personagem, por ser tão diferente dos que normalmente a coreia coloca em seus dramas. Ele tem uma irmã rica que, por acaso, é mãe do nosso secundário perfeitinho, o Jung Won. Ou seja, o Kim Rak é tio dele.

Deu pra entender? hehe.

————————————————————–—————————————————————–

A HISTÓRIA ♥


 
 

A trama de Jealousy é totalmente incrível, muitas vezes imprevisível e no mínimo genial, por ser leve e ao mesmo tempo cheio de conteúdo! Somos apresentados aos personagens aos poucos. Logo estamos participando de seu convívio na casa, no restaurante e principalmente na emissora. Lá, Pyo Na Ri trabalha como uma engraçada e profissional “garota do tempo”. É no trabalho, onde a maioria dos personagens se encontram, que vemos toda a rivalidade dentro da empresa.


 
 

Essa rivalidade acontece principalmente entre os funcionários de mais alto nível, como âncoras do jornal da noite, e os estagiários, etc. Na Ri sempre sonhou ser âncora, mas nunca conseguiu uma oportunidade. E assim que entra na empresa ela se apaixonada pelo frio Hwa Shin, que exala profissionalismo e beleza por onde anda. Os “encontros” deles são beeem engraçados e apresentados aos poucos para nós, o que dá um “gostinho de quero mais” rs. Claro que, Hwa Shin rejeita a prota sem dó nem piedade. E ela, boba apaixonada, sofre calada.


 

Esse amor não correspondida da prota pelo prota dura em torno de 3 anos e só muda quando ela conhece o melhor amigo do Hwa Shin, Jung Won, o qual a conquista logo de cara por sua doçura. E ele também não demora para se apaixonar pela doidinha e fofa da Na Ri. Assim começa o plot chave da trama: o triangulo amoroso!

Gosto de brincar que Na Ri é quase como a memorável Bridget Jones, que fica indecisa entre dois homens perfeitos. Sim, ela ama os dois, o que gera muuuitas confusões e risada durante todo o drama. Mas ok, antes de chegarmos a esse fato em específico, Na Ri pensa ter esquecido Hwa Shin. Só pensa. Porque quando se vê no mesmo quarto de hospital que ele, a aproximação entre os dois começa a finalmente acontecer de verdade!


Quarto de hospital? Como assim, Ju? Porque?
Outro fato muito legal do roteiro: um homem com câncer de mama. É isso mesmo! Muitas pessoas mal sabem que o câncer de mama pode ocorrer em homens, pois como a própria Na Ri diz: “por acaso homens não tem peito?” rs. Eu não esperava por esse tema, me pegaram de surpresa! Utilizaram uma assunto tão pouco comentado e fizeram um belo trabalho! Hwa Shin descobre que tem câncer de mama depois que Na Ri fica agarrando seu peito toda hora, preocupada, e pede pra que ele vá ao hospital verificar rs.

 
 
 

No começo eu rachava de rir, me lembrando um pouco da ousada protagonista de Master’s Sun, mas depois se torna um assunto um tanto sério, quando ele tem que fazer cirurgia e quimioterapia. Ficar entre tantas mulheres, em uma ala toda feminina, claro que afeta seu orgulho como homem, e ele se sente sozinho e vulnerável. Na Ri, por sua vez, faz exames rotineiros pra prevenir o câncer, que sua mãe teve, e ambos são colocados no mesmo quarto de hospital. E ela, toda fofa e preocupada, começa a ajudá-lo. Principalmente a guardar o segredo.




Foi ai que o drama me conquistou de vez e eu não conseguia passar um dia sequer sem assistir a, pelo menos, 1 ep! As cenas desses dois internados foram épicas! Eu ri, me apaixonei, shippei muito! Ambos eram hilários, brigavam como cão e gato, mas a fofura da Na Ri vai conquistando aos poucos o egocêntrico Hwa Shin.



Não demora para que ele perceba que está apaixonado por ela, óbvio. Principalmente depois dela ajudar tanto, e estar sempre ao lado dele nos momentos difíceis. Infelizmente, isso acontece bem quando ela já “esqueceu” dele e agora está toda apaixonada pelo Jung Won, que no caso é o melhor amigo do prota.

É uma tristeza agonizante ver Hwa Shin sofrer, apesar dele merecer por rejeitá-la antes rs. Foi ele quem apresentou os dois e sabe disso. O personagem não ousa machucar o amigo ou a Na Ri, por isso tenta ao máximo se afastar dela. Mas é quase impossível, ainda mais por estar tão apaixonado! As cenas são realmente de cortar o coração!




Não só pelo motivo dele amá-la, mas porque Na Ri sempre está ao seu lado, sempre perguntando sobre sua saúde, fazendo companhia a ele nas sessões de quimioterapia, rindo e tentando agradá-lo. Até mesmo emprestando seu nome para que outras pessoas achem que Hwa Shin é somente um acompanhante e ela a enferma. Como eu disse, Na Ri é extremamente fofa. O que torna tudo mais difícil.


Não pense que o triangulo amoroso fica em apenas gostar! Porque Jung Won e Na Ri realmente chegam a namorar. Se beijam e tudo. Por isso o roteiro é tão especial e diferente de tantos clichês. Embora isso só faça com que Hwa Shin sofra cada vez mais pelo amor não correspondido. Sua forma de ser frio é recorrente em toda a trama, você sente raiva dele, o chama de babaca várias vezes, mas muitas vezes o entende. No fim, torce muuuito para que ele fique com ela. Pelo menos, foi assim comigo ;)


 

O que me preocupava, no entanto, era a amizade do Hwa Shin e do Jung Won. Sempre tão fofa e mordível! Sabe aquele bromance amorzinho? Então! Impossível não torcer para que esses dois também tivessem um final feliz para a amizade deles! Mesmo que houvesse a Na Ri no meio dos dois rs.


 

Sobre meu ship lindo: Os dois atores tinham uma química explosiva e isso faz com que Hwa Shin e Na Ri se tornassem mais reais! Preparem-se para beijos calientes :v Esse drama tem MUITAS cenas engraçadas e memoráveis, muito amor, muitas lágrimas, muito ship!

 
 
 

No entanto, não demora para que ela perceba que está apaixonada pelos dois e indecisa (outro ponto diferente no drama). Até começa a namorar ambos (eles que propuseram) para descobrir quem ama mais rs. Sabemos com quem ela ficará, mas toda a trajetória é unica.

 

 

O mais legal é não focarem só nos protas, mas darem espaços para outros personagens e suas histórias. Sério, esse drama me conquistou em simplesmente tudo, tudiiinho! Eu estou chorando só por dar adeus há tantas risadas e tanto amor!


 
 
 

————————————————————–—————————————————————–

PONTOS POSIVITOS ♥

Tratar de assuntos “polêmicos”: assexualidade, câncer de mama em homens, poliamor, duas mães cuidando da filha (no caso, mesmo sem ter relacionamento entre elas), sexo (mas nada pesado), traição, etc. | A comêdia: nada de comédia forçada! Aqui você dá boas gargalhadas em TODOS os episódios! | A trama: como eu disse, 24 episódios passaram como 10. Um roteiro que prende, de conquista e faz você se apaixonar! Aaah que saudades!! ;-;

 
 

Os personagens: principalmente os protagonistas, tão marcantes! Não tem como descrever a Na Ri! Ela é sensacional! | OST: na OST temos musiquinhas fofas, engraçadas (“why you don’t think about me… and you… and me… and you… what about us?” kkk amooo), e tristes. Todas foram perfeitas! *-*  | Favorito? Sim!! Um dos favoritos e melhores do ano!! Alguém dá um troféu para esse roteirista?! Jealousy é o típico drama que você pode sentar com a família inteira que nunca viu nada do tipo e fazer com que todos se apaixonem! | Representatividade: A forma de representatividade nesse drama é genial!! Pega ai um exemplo:

 
 
 

PONTOS NEGATIVOS (-)

Não ter uns 50 eps!! Vou sentir muita falta de todos os personagens desse drama! Socorro!! Como lidar? rs.

————————————————————–—————————————————————–

ASSISTA!

dramafever (online)
viki (online)
kingdom fansubs
puri puri fansubs

OST

aqui

VIDEOS

teaser

————————————————————–—————————————————————–

Mais uma resenha concluída!! yeeeeah!! Espero de coração que tenham gostado! E, se sim, deixe seu comentário e me faça muito feliz *-*




6 + sete =

2 Comentários
  1. Laura Esther disse:

    Oláá. Amei o seu post!!
    Queria dizer que esse foi o drama que me fez parar e pensar ” ahh, então é por isso que eu sou apaixonada por dramas”. Eu me via ansiosa a semana toda pelo episódio, rindo MUITO no meio da noite e de repente caindo em lágrimas.
    Gostei. Amei. Adorei. Já quero rever.
    PS: descobri o blog hoje graças á um post do Divaneandoo *-*. Devo dizer que estou amando as resenhas. A forma organizada, didática e cheia de conteúdo do blog me encantou.
    Obrigada pelo trabalho de vocês.